Os actos de vandalismo no Parque Arqueológico do Côa – Museu do Côa

Publicado por em Mai 26, 2017 em Destaques, Notícias

Os actos de vandalismo no Parque Arqueológico do Côa – Museu do Côa

Face aos recentes acontecimentos (aos quais assistimos de forma incrédula) que colocam em causa um dos mais importantes conjuntos de Arte Rupreste da Europa, o ICOM Portugal vem dar conhecimento aos seus membros e ao público em geral da sua posição sobre o actual momento vivido no Museu do Côa.

 

A recente ocorrência de atos de vandalismo no Parque Arqueológico do Vale do Côa, ocorridos na sequência de um longo processo de degradação das condições de salvaguarda, estudo e valorização daquele complexo de arte rupestre, classificado como Património Mundial pela UNESCO, merece da Comissão Nacional Portuguesa do ICOM (ICOM Portugal) a mais veemente censura. Sem prejuízo da dimensão criminal daquela ocorrência, que deve ser investigada e eventualmente punida em sede própria, e da reposição imediata de sistemas de vigilância credíveis, torna-se necessário tomar medidas direccionadas para o futuro.

Tomada de Posição do ICOM Portugal sobre o Museu do Côa

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *