Conferência Anual do ICME – Tartu, Estónia

Publicado por em Ago 16, 2018 em Destaques, Notícias

Conferência Anual do ICME – Tartu, Estónia

A conferência anual do ICME em 2018, sobre o mote “Re‐imagining the Museum in the Global Contemporary” decorrerá durante 4 dias com mais de 40 apresentações  para refletir sobre o complexo contexto(s) dos museus na actualidade e para examinar a panóplia de novos contributos que os museus interconectadas podem dar à sociedade.

O ICME é o comité internacional do Conselho Internacional de Museus (ICOM) dedicado a museus etnográficos e coleções de culturas e sociedades locais, nacionais e/ou globais. Esta conferência anual reúne diversos estudiosos de museus e profissionais de todo o mundo.

Já se passaram quinze anos desde que Andrea Witcomb publicou Re-imaginando o Museu, mas o seu texto permanece relevante hoje. Os museus estão situados num mundo em rápida mudança na política global, nas tecnologias digitais e nas crescentes desigualdades socioeconómicas. Dentro deste “contemporâneo global”, reconhecemos que várias ideologias e perspectivas éticas influenciam em larga escala o nosso trabalho, no que diz respeito à compreensão de coleções, ao design de exposições e a vários outros aspectos do trabalho em museus.

Como profissionais contemporâneos de museus, podemos ser solicitados a desempenhar uma série de papéis que nos tiram da nossa zona de conforto tradicionais, enquanto procuramos acções colaborativas além das fronteiras, incluindo: nação, identidade étnica, classe, deficiência, género e preferência sexual. Os museus frequentemente se aventuram em discussões difíceis e na atração de diversos públicos. Podemos priorizar a narração de histórias e compartilhar o poder curatorial para que uma miríade de histórias possa ser contada em espaços de exibição, programas e divulgação para atrair públicos mais diversos. Ao mesmo tempo, esse trabalho pode ser visto como uma mudança radical que ameaça o cuidado, a pesquisa e o lugar do objeto em museus “novos” dedicados à abertura do diálogo.

Com esta conferência, o ICME procura discutir a questão: “são estas várias posições mutuamente exclusivas?” É oferecido um espaço para considerar que a perspectiva de “ambos e” em vez de “eu/tu” pode ser possível, procurando ultrapassar as posições binárias que colocam “progresso” e “tradição” em tensão insalubre.

O ICME terá como palestrantes: Wayne Modest (Holanda), Pille Runnel (Estónia), Philipp Schorch (Alemanha) e Andrea Witcomb (Austrália). Os detalhes de seus interesses de pesquisa podem ser encontrados em http://network.icom.museum/icme/conferences/annual-conference/icme-2018-keynote-speakers/#c20732.

A conferência é organizada pelo Museu Nacional da Estónia, em Tartu, Estónia (http://www.erm.ee).
Os passeios pós-conferência são organizados pelo ICOM Estónia e pelo ICOM Filândia.

Websites da conferência: http://enmconferences.ee/en; title=”http://network.icom.museum/icme/conferences/annual-conference/ “>http://network.icom.museum/icme/conferences/annual-conference/
#ICOM_ICME
FB: https://www.facebook.com/events/1993650297567207/

Contato da conferência: icme2018@erm.ee

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.