Espaços de Memória em contextos museológicos – Seminário Europeu 2019 (Chamada para propostas de artigos)

Posted by on Out 18, 2018 in Destaques, Eventos, Notícias

Espaços de Memória em contextos museológicos – Seminário Europeu 2019 (Chamada para propostas de artigos)

O ICOM Portugal está a organizar, juntamente com o Paço dos Duques, a Direção Regional de Cultura do Norte, o ICOM Europa e os comités internacional e nacional do DEMHIST o Seminário Europeu Espaços de Memória em contextos museológicos (Interpretar, Programar, Inovar) que se realizará, de 2 a 4 de Maio de 2019 no Paço dos Duques, em Guimarães, com o apoio das Câmaras Municipais de Guimarães e Vila Nova de Famalicão.

 

O tema deste seminário, igual ao tema que o ICOM utilizará como mote no próxima reunião trienal em Kyoto, no Japão, é Museus como Núcleos Culturais: o Futuro da Tradição. A organização deste evento apresenta desta forma o tema escolhido:

A Humanidade está em permanente evolução, enfrentando novos limites, equacionando as opções atuais e reagindo através de propostas inovadoras, a relação com a Memória e a Tradição acompanha esta permanente metamorfose.

O traço distintivo da raça humana é a capacidade de criar conhecimento e de o somar ao longo das gerações que vão sucedendo-se, esta característica assenta na Memória, apoiada na Tradição que conforma e enquadra as opções e ações humanas.

Os museus enfrentam o desafio constante de salvaguardar o passado e, simultaneamente, promover a compreensão da evolução de novos significados e interligações, contribuindo para a construção de um futuro melhor e mais inclusivo.

As sociedades atuais são globais, confrontando as instituições de memória com situações novas e inesperadas, mediando um equilíbrio difícil entre usos e costumes ancestrais e novas formas de viver o quotidiano.

O Homem é a medida de todas as coisas, a Sua residência (seja qual for o tamanho ou forma) permite perspetivas privilegiadas de todas as facetas da atividade humana.

O encontro será organizado em três sessões subordinadas aos seguintes temas:

 

Interpretação de espaços de Memória em contextos museológicos

As pessoas valorizam o que conhecem e aprenderam a compreender e estimar. Os espaços de memória são testemunhos palpáveis das tradições, dos personagens e dos factos que acolheram.

O espaço residencial é apreendido instintivamente por quem o visita já que, embora através de diversas perspetivas, responde a necessidades universais, conferindo-lhe uma dimensão familiar.

Contudo, os profissionais de museus sabem que não existem espaços integralmente preservados, o que é transmitido ao visitante é a interpretação decorrente das opções museológicas, bem mais que de quaisquer constrangimentos ditados por necessidades de conservação e segurança.

Quais deverão ser os limites, até onde podemos ir? Quais são as responsabilidades dos profissionais de museu e como podem assumir estes desafios?

Programação de espaços de Memória em contextos museológicos

Os museus não são mais belas adormecidas, intocadas pela passagem do tempo, oferecendo ao visitante uma realidade congelada no tempo e no espaço. Os profissionais de museu têm de manter as instituições vivas, propondo programas que, através da promoção da curiosidade e do debate, induzam a construção de perspetivas alternativas.

O papel dos museus nas sociedades contemporâneas é medido pela sua capacidade para, apoiados na Memória e na Tradição, fornecer soluções para contribuir para a diversidade natural e compreensão da complexificação constante da sociedade atual, promovendo a coesão social pela aprendizagem e o conhecimento.

Inovar em espaços de Memória em contextos museológicos

Os museus que têm por objeto trabalhar a memória e a tradição a partir de espaços residenciais

são frequentemente considerados imóveis, por vocação e respeito pelo conjunto constituído pelo contentor/casa, conteúdo/coleções e personagem/personagens que evocam.

Como é possível inovar sem trair o legado e a tradição que materializa? Como podemos dar vida à memória introduzindo novas perspetivas?

 

Chamada para propostas de comunicação

As propostas de comunicação devem ser enviadas para icom.seminar2019@gmail.com até ao próximo dia 30 de Dezembro de 2018.

Esclarecimentos e inscrição podem ser feitos através do e-mail icom.seminar2019@gmail.com.

Programa

O programa do seminário está disponível em Português e Inglês.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.