Posts feitos em Agosto, 2021

Plano Estratégico do ICOM 2022 – 2028. Consulta pública.

Publicado por em Ago 29, 2021 em Destaques, Notícias

Plano Estratégico do ICOM 2022 – 2028. Consulta pública.

Com vista à redação do próximo Plano Estratégico 2022-2028, o International Council of Museums – ICOM lançou um inquérito dirigido a todos os seus membros associados. O ICOM Portugal incentiva os seus membros associados ao preenchimento do mesmo. O inquérito organiza-se em quatro eixos fundamentais: Seção 1: Nossa rede; Seção 2: O que torna o ICOM diferente?; Seção 3: Como o ICOM pode melhorar? e Seção 4: As Necessidades dos museus. O novo plano estratégico que guiará o ICOM até 2028 será proposto na Assembleia Geral na Conferência Trianual em Praga em agosto de 2022, e queremos que...

Ler mais

Entradas dos membros associados do ICOM nas exposições temporárias dos Museus, Monumentos e Palácios nacionais

Publicado por em Ago 14, 2021 em Destaques, Notícias

Entradas dos membros associados do ICOM nas exposições temporárias dos Museus, Monumentos e Palácios nacionais

A 8 de junho do ano corrente, a direção da Comissão Nacional do ICOM questionou a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) sobre a ausência de gratuitidade nas entradas em exposições temporárias nos Museus, Monumentos e Palácios nacionais (MMP) para os membros associados do ICOM, ICOMOS e APOM. A 29 de junho do ano corrente, foram prestados os seguintes esclarecimentos pela DGPC, na pessoa do seu Diretor-Geral, Dr. Bernardo Alabaça. Esclarece que as entradas gratuitas (isenções) dos membros do ICOM, ICOMOS e APOM nos serviços dependentes da DGPC, previstas na 1ª parte do nº 5 do Despacho...

Ler mais

Boletim ICOM Portugal, Série III, n.º16, Julho 2021

Publicado por em Ago 2, 2021 em Boletim ICOM.PT, Destaques, Notícias

Boletim ICOM Portugal, Série III, n.º16, Julho 2021

No Boletim de Julho intitulado O Futuro dos museus: recuperar e reimaginar, pretende-se reflectir sobre os museus de amanhã. O museu como o temos vivido ao longo dos tempos não poderá sobreviver como instituição exclusivamente cosmopolita e elitista. À medida que os museus se transformam em espaços de convergência local, onde se poderá não só trabalhar formas e conteúdos diversificados de programação, mas também construir alianças para promover o renascimento criativo e social, humanizam-se e ficam mais próximos da sociedade. À semelhança do implementado nos anteriores boletins,...

Ler mais