Manual Património em Risco. Evacuação de Emergência de Coleções Patrimoniais

Publicado por em Jan 21, 2020 em Destaques, Notícias

Manual Património em Risco. Evacuação de Emergência de Coleções Patrimoniais

O ICOM PT associou-se ao ICCROM e ao ICOMOS para produzir a versão portuguesa do manual Património em Risco. Evacuação de Emergência de Coleções Patrimoniais traduzido pelo Grupo de Amigos do Museu Nacional dos Coches (GAMNAC). O projecto foi coordenado por Isabel Raposo de Magalhães, membro do Conselho Geral do ICCROM, e é uma publicação conjunta do GAMNAC, ICCROM e UNESCO.

O documento pode ser descarregado nesta página.

Esta publicação fornece um guia passo a passo para a evacuação de património móvel em risco, em situações extremas. Foi concebido para apoiar comunidades e instituições que procuram evitar a destruição e saque de bens culturais em contextos de crise; poderá ser usado para treino e para melhorar os planos de emergência em sítios património cultural.

A tradução do texto em vários idiomas visa possibilitar a sua utilização pelo maior número possível de profissionais, funcionando no terreno como um guia de referência rápida na salvaguarda de património cultural. Este manual foi feito para utilizadores variados, com linguagem simples e uma organização dedicada ao pessoal de instituições de património, equipas de emergência e cidadãos comuns. Completa a investigação e actividades do programa do ICCROM First Aid and Resilience for Cultural Heritage in Times of Crisis, bem como os esforços do ICCROM para publicar materiais no máximo de línguas possível.  

Esta nova tradução vem juntar-se às versões em árabe, francês, georgiano, japonês, nepalês e russo, num total de oito (incluindo a versão original em inglês). Estão previstas para breve versões em farsi, italiano, espanhol e turco. Simultaneamente o ICOM PT procura levar aos profissionais conhecimento técnico, razão pela qual promoverá no Funchal, a 10 de Fevereiro próximo uma jornada de trabalhos, com o apoio de reputados especialistas.

Esta ronda de trabalhos, intitulada Gestão de Riscos em Património Cultural realizar-se-á no Centro de Estudos de História do Atlântico – Alberto Vieira e as inscrições são geridas pela Casa Museu Frederico de Freitas através do e-mail cmffreitas.drc.srtc@madeira.gov.pt oi pelo telefone +351 291 202 570.

O programa completo está disponível aqui (PDF).

4 Comentários

  1. sou doutoranda na universidade católica do porto e meu trabalho de pesquisa é sobre gestão de risco em museus.
    Gostaria de ficar sempre a par das novidades

  2. Gostaria de ficar sempre a par das novidades

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.