Boletim ICOM Portugal, Série III, n.º17, dezembro 2021

Posted by on Jan 23, 2022 in Boletim ICOM.PT, Destaques, ICOM Portugal, Notícias

Boletim ICOM Portugal, Série III, n.º17, dezembro 2021

A forma como olhamos e definimos o Museu evolui ao ritmo das transformações que o Homem protagoniza, contudo há um fio condutor que irmana as instituições museológicas através do tempo e dos espaços: a curiosidade que preserva memórias e produz conhecimento. Esta ansia de descodificar e apreender os testemunhos materiais e imateriais das culturas humanas propiciou desde sempre a vontade de colecionar testemunhos de formas de estar diversas. O desejo de reunir nos museus objetos diferentes, longínquos, exóticos, mais do que constante, é a origem de muitas instituições museológicas. O desafio de construir saber continua a ser a chave para interpretar e comunicar, com novos olhares e em novos contextos.

A Comissão Nacional Portuguesa do ICOM entendeu ser oportuno dedicar as iniciativas que decorreram ao longo de 2021 às coleções extra europeias nos museus portugueses.

Em Maio lançou-se um Inquérito à presença de património proveniente de territórios não-europeus nos museus portugueses, entre Setembro e Outubro promovemos 4 conferências on line, em Novembro reunimos nos Encontros de Outono, em Dezembro disponibilizou-se no site as Atas dos Encontros de Museus de Países e Comunidades de Língua Portuguesa, realizados entre 1988 e 2000.

Este Boletim remata um ciclo que, esperamos, contribua para manter o necessário foco num tema central nas preocupações das instituições de património cultural na atualidade. Reúne autores, nacionais e de outros países, com visões e posicionamentos distintos que resultam numa diversidade de abordagens e pensamentos enriquecedores, contribuindo assim, para a reflexão sobre esta complexa matéria.

Neste Boletim também publicamos textos dos intervenientes nos Encontros de Outono ICOM 2021 que teve lugar na figueira da Foz, nos dias 4 e 5 de Novembro, com o tema Museus com colecções não europeias, assim como a Apresentação dos resultados do inquérito ICOM Portugal Sobre colecções não europeias em coleções e museus nacionais, por Gonçalo de Carvalho Amaro e David Felismino.

Considerou-se ainda oportuno incluir neste Boletim o depoimento de Natália Correia Guedes que contribui com o testemunho sobre o longo processo da sua relação com os museus de países africanos.

Por fim, convidou-se o artista plástico Vasco Araújo a contribuir com trabalhos artísticos, não só como ilustração do Boletim, mas principalmente como desafio crítico sobre o assunto. Os dez trabalhos aqui publicados são o testemunho da reflexão crítica que o artista tem vindo a fazer sobre o tema ao longo dos últimos anos. Nas palavras do próprio, “o hábito crónico da arte moderna de desagradar, provocar ou frustrar o seu público pode ser encarado como uma participação limitada e vicária no ideal de silêncio que foi elevado como modelo máximo de ‘seriedade’, na estética contemporânea.”

Editorial Sofia Marçal, Maria de Jesus Monge

Índice

3 │ Editorial, por Sofia Marçal

11 │ Mensagem da Presidente, por Maria de Jesus Monge

14 │ Breves

21 │ Em Foco –  Museu Nacional do Traje. Cinquentenário de um projeto pioneiro, Natália Correia Guedes

51 Em Foco – As Colecções extra-europeias

  • Património científico colonial num tempo pós-colonial. As coleções antropológicas e fotográficas do Instituto de Investigação Científica Tropical, Ana Godinho, Catarina Mateus, Catarina Simões, Marta Costa e Rogério Abreu. Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa.
  •  A Museologia e a Guerra Cultural, Jaime Nogueira Pinto. Professor Universitário e escritor
  • Coleções extra-europeias em Portugal: o exemplo do Museu do Oriente, Joana Belard da Fonseca,Directora-Adjunta do Museu do Oriente.
  • As colecções estrangeiras de José de Guimarães, José de Guimarães, Artista e colecionador.
  • Os marfins luso-africanos do reino do Benim, Leonor Amaral, Doutoranda em História de Arte (ARTIS – Instituto de História da Arte – FLUL) e Bolseira da FCT.
  • Coleções Africanas em Museus Europeus: sua Restituição ou Gestão Compartilhada dos Bens Culturais, Lucília Chuquela ICOM Moçambique e Daniel Inoque, docente de Museologia, Património Cultural e História de África no Instituto Superior de Artes e Cultura, Moçambique.  
  • Acervos coloniais: para uma leitura crítica das heranças, Mário Moutinho, Reitor da Universidade Lusófona e Judite Primo, Investigadora Principal da FCT e titular da Cátedra UNESCO “Educação, Cidadania e Diversidade Cultural”
  • Coleções não europeias em museus europeus: questões e desafios, Nélia Dias, Departamento de Antropologia da Escola de Ciências Sociais e Humana, ISCTE-CRIA
  • ¿Arte africano en plena meseta castellana? Oliva Cachafeiro, Directora del Museo de Arte Africano Arellano Alonso de la Universidad de Valladolid 
  • Santo António pelo mundo, Pedro Teotónio Pereira, Coordenador do Museu de Lisboa -Santo António.

118 │ À Conversa com Natália Correia Guedes – Entrevista realizada por Sofia Marçal 

125 │ Resultados do inquérito sobre a presença de património proveniente de territórios não-europeus em museus portuguesesGonçalo de Carvalho Amaro, Técnico superior no Museu de São Roque, Vogal do Conselho Fiscal do ICOM Portugal e David Felismino, Diretor-adjunto do Museu de Lisboa (EGEAC), Secretário do ICOM Portugal

136 │ Encontros de Outono ICOM 2021 

  • As coleções não europeias do Museu Municipal Santos Rocha, na Figueira da Foz. Ana Margarida Ferreira, Conservadora do Museu Municipal Santos Rocha, Figueira da Foz, Ana Paula Cardoso, Conservadora do Museu Municipal Santos Rocha, Figueira da Foz, Anabela Bento, Conservadora do Museu Municipal Santos Rocha, Figueira da Foz e Elisabete Pereira, Investigadora do IHC (NOVA FCSH, Univ. Évora), Coordenadora do Projeto TRANSMAT
  • ICOM Austria – our responsibility for objects with contested history, Elke Kellner, ICOM Áustria 
  • Alguns pontos prévios e propostas de estratégia no que respeita às questões de devolução de bens culturais. Fernando António Baptista Pereira, Historiador de arte e museólogo, Presidente FBAUL e investigador do CIEBA
  • African cultural heritage: reconstitution and restitution. Guido Gryssels, Director General, Royal Museum for Central Africa, Tervuren, Belgium
  • Traces of slavery and colonial history in the museum collection Experiences in the Netherlands, Hanna Pennock.  Senior Advisor and Project Manager, Cultural Heritage Agency of the Netherlands
  • A través del espejo. Repensar las colecciones del Museo Nacional de Antropología, Luis Pérez Armiño, Museo Nacional de Antropologia e ICOM Espanha
  • Colecções extra-europeias: O elefante na sala que ninguém quer ver, preferindo concentrar-se em moscas, Luís Raposo, Arqueólogo, Presidente do ICOM Europe

188 │ Webminares –  Conferências digitais sobre património não europeu nos museus portugueses

190 │ Publicações              

Para leitura

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.