Boletim ICOM Portugal, Série III, nº18, julho 2022

Posted by on Jul 30, 2022 in Boletim ICOM.PT, Destaques, Notícias

Boletim ICOM Portugal, Série III, nº18, julho 2022

Os eixos definidos pelo ICOM para o Dia Internacional dos Museus 2022 através do tema O Poder dos Museus são: o poder de atingir a sustentabilidade; o poder de inovar através da digitalização e acesso mais inclusivo; e o poder de reforçar o tecido social nas comunidades em que os Museus estão inseridos. 

Exercer o poder, tradicionalmente implica confronto e afirmação. Instituições feitas ‘com pessoas e para pessoas’, os museus são assim, necessariamente, espaços onde encontramos estas dimensões tão humanas. A sua missão inclui a promoção do contraditório, dar voz a todos sem exceção, tentando não ceder a conjunturas que favorecem uns em detrimento de outros. Os Museus têm o poder de transformar o mundo em seu redor. Espaços de descoberta incomparáveis, trabalham narrativas e despertam-nos para novas ideias – passos essenciais para fomentar o bem-estar e a construção de um futuro melhor. 

A heterogeneidade dos textos aqui publicados discorre do posicionamento dos seus autores quanto ao tema proposto. Por isso, agradecemos a todos os que colaboraram neste boletim com essa diversidade de pensamento e com perspetivas distintas, que certamente muito contribuirá́ para a compreensão e reflexão sobre este assunto. 

O arqueólogo Luís Raposo foi a nossa escolha para ser o entrevistado neste boletim. O seu rico testemunho, transmite-nos a sua vivência como arqueólogo, como diretor do Museu Nacional de Arqueologia e como Presidente do ICOM Portugal e do ICOM Europa. 

Desafiámos a artista plástica Fernanda Fragateiro para colaborar no boletim com uma seleção de trabalhos artísticos num repto crítico sobre O Poder dos Museus. Os dez trabalhos aqui publicados, distribuídos ao longo do Boletim, incluindo a capa, são o reflexo do posicionamento e da identidade do seu percurso artístico, trabalhos escultóricos de objetos utópicos. “Não, verdadeiramente não há necessidade da mágica nem do feérico, não há necessidade de uma alma nem de uma morte para que eu seja ao mesmo tempo opaco e transparente, visível e invisível, vida e coisa: para que eu seja utopia, basta que eu seja um corpo.” 

Ao pensarmos no poder como capacidade, como oportunidade, facilidade e dom, num Museu onde tudo se cruza, onde tudo se metamorfoseia, é compreendermos a época em que vivemos, e assim contribuirmos para a sua consolidação e permanência. 

Editorial Sofia Marçal, Maria de Jesus Monge

Índice 

3. Editorial, por Sofia Marçal

11. Mensagem da Presidente, por Maria de Jesus Monge

14. Breves

19. Em Foco – O Poder dos Museus

  • Ensaiando um novo modelo de administração para o Mosteiro de Arouca, Agostinho Ribeiro, Técnico superior da Direção de Serviços
    dos Bens Culturais (DRCN) e coordenador do Mosteiro de Arouca. 
  • New visions to connect the past, the present and the future, Alba Campo Rosillo, Terra Foundation Fellow for American Art, Museo Nacional Thyssen-Bornemisza. 
  • Entre o velho e o novo mundo: as relações Portugal-Brasil para a recuperação do Museu Nacional, Alexander W. A. Kellner, Departamento de Geologia e Paleontologia, Museu Nacional/UFRJ e Mariah Martins, Museu Nacional/UFRJ. 
  • El Poder de los Museos, Fernando Pérez Oyarzun, Director do Museo Nacional de Bellas Artes de Santiago, Chile. 
  • Preservar e dialogar: o poder dos museus no futuroGonçalo de Carvalho Amaro, Técnico superior no Museu de São Roque, Vogal do Conselho Fiscal do ICOM Portugal. 
  • Poder fazer ou ter o poder, Leonor Nazaré, Assessora e curadora no Museu Calouste Gulbenkian. 
  • The Power of Museums, Mark O’Neill, Associate Professor, College of Arts, University of Glasgow, Non-Executive Director of Event Communications Ltd. Judge for the European Museum of the Year Awards. 
  • O Poder dos Museus: de tronos sobre rodas ao museu em movimento, Mário Nuno Antas, Diretor do Museu Nacional dos Coches, Lisboa. 
  • O que permanece imortal, no canto, tem que perecer, na vida, Nuno Faria, Diretor do Museu da Cidade, Departamento de Museus e Coleções, Porto. 
  • O poder dos museus na promoção do bem-estar – Prescrição cultural, Raquel Barata, Museu Nacional de História Natural e da Ciência – Universidade de Lisboa. 
  • Dall’intimità domestica alla familiarità museale. Il contributo delle case museo alla città di 15 minuti, Rosanna Pavoni, Museóloga e curadora. 
  • Os Museus como fonte de transformação, Salvador Patrício Gouveia, Museu do Caramulo. 
  • Museus: poderes e contrapoderes. Um ponto de vista a partir do Atelier-Museu Júlio Pomar, Sara Antónia Matos e Pedro Faro, Atelier-Museu Júlio Pomar. 

112. À Conversa com Luís Raposo – Entrevista realizada por Sofia Marçal.

125. Encontros de Primavera ICOM 2022

  • The Power of Museums: Making the Case for the Value of Museum Experiences, John Falk, Diretor do Instituto de Inovação em Aprendizagem e professor do Sea Grant de Aprendizagem de Escolha Livre da Oregon State University. 
  • O Preditor de Kelvin, Nuno Crato, Professor Catedrático de Matemática e Estatística, ISEG, Universidade de Lisboa. 
  • O Poder dos Museus: contributos para a transição digital, Patrícia Remelgado, Museóloga. 

150. Dia Internacional dos Museus

  • Comunicado da direção
  • Sessão na Câmara Municipal de Lisboa
  • Exposição de obras de Isabel Garrett e Vasco Araújo no Paço dos Duques de Bragança, Guimarães
  • Conferência com os ICOM Ucrânia, Polónia e Europa – Museu Nacional dos Coches 

156. Bolsas

  • Património imaterial, diálogo e ramificações: reflexões iniciais sobre um planeamento estratégico participativo, Nathália Pamio Luiz, Técnica do Centro de Memórias do Museu Sporting, Investigadora MINOM-ICOM Portugal e LUME – Associação de Cultura e Património; Margarida Loran Gili, Museóloga e consultora independente, Professora da Fundació Universitat de Girona.

161. Webinares

168. Publicações

Para Leitura

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.